Sri Lanka


O Sri Lanka foi mais um país que teve uma forte queda na Classificação da Perseguição Religiosa, de 29º em 2014 para 43º em 2015. Mas isso não deve ser visto como uma grande melhoria da situação da minoria cristã. É, antes, devido ao fato de que, em vários países, em especial na região africana, a situação piorou e alterou a posição do Sri Lanka no ranking. Além disso, grupos radicais budistas miram a maior pressão sobre uma minoria muçulmana no momento.

Agentes de Perseguição
Os agentes de perseguição que afetam os cristãos no Sri Lanka são "nacionalismo religioso" (agente principal) e, em menor medida, «paranóia ditatorial".

• Nacionalismo religioso: Oficialmente, como uma república democrática socialista, Sri Lanka é um estado laico. No entanto, a sua constituição coloca o budismo em primeiro lugar e evidentemente o promove como religião estatal. Essa condição reforça o poder dos radicais budistas sobre as minorias religiosas no país, como os cristãos. A maioria da população do Sri Lanka é budista. Desde o fim da Guerra Civil, em 2009, e com a derrota da minoria Tamil militante, não apenas a retórica, mas também os atos são governados pela supremacia budista. A guerra entre tâmeis e cingaleses, reforça a perseguição aos cristãos convertidos de qualquer uma das castas, considerados de classe inferior, tratados com desconfiança e, frequentemente, caluniados e agredidos.
Apesar de parte da violência ser dirigida contra a minoria muçulmana no país, os cristãos têm sido severamente afetados. São registros de cultos invadidos por monges, igrejas e locais de reuniões destruídos e, em muitos casos, essas igrejas se viram forçadas a fechar suas portas, agindo secreta e clandestinamente. Incidentes incluem igrejas incendiadas, demolidas, cultos e reuniões em casas dos fiéis invadidas e saqueadas, casas de pastores saqueadas e fechamento de igrejas.
Muitas vezes esses ataques transmitidos na imprensa local não são vistos como crimes ou atrocidades, mas como atos de legítima defesa. Em março de 2014, dois cristãos foram detidos e mantidos presos por três dias, acusados de terrorismo. Líderes e pastores de igrejas são espancados e suas esposas sofrem abuso sexual. Convertidos do budismo enfrentam ameaças e assédios constantes.


Bandeira: Sri Lanka
Região: Sudeste Asiático
Líder: Mahinda Percy Rajapaska
População: 21,86 milhões
Cristãos: *
Religião: Budismo 69%, hinduísmo 7,1%, islamismo 7,6%
Governo: República

Última atualização em 7/1/2015
Fonte Portas Abertas

Nenhum comentário:

Postar um comentário