Iraque

Apesar da grande área do país que se encontra sob o controle do Estado Islâmico e a situação parecer instável, ainda existe uma luz
Há dois milênios o cristianismo se formou no Iraque e, tradicionalmente, cristãos vivem em cidades como Bagdá e Mosul. Mas, há cerca de uma década, a perseguição ao cristão iraquiano tem crescido e, após os conflitos na região, principalmente na Síria, a extinção de cristãos no país é um tema muito discutido.
O Iraque é divido em duas partes: a região curda semiautônoma e o restante (maioria) árabe. Curdos e árabes têm suas próprias culturas, idiomas, religiões e crenças. A maior parte dos recursos do país vem do petróleo encontrado perto de Kirkuk e Mosul, que são zonas fronteiriças entre a região curda e árabe do país. Essas regiões são consideradas as mais violentas e onde os cristãos são capturados e ficam no fogo cruzado de duas batalhas diferentes: uma em que o país curdo luta por sua autonomia e outra para uma limpeza religiosa do Iraque, realizada por grupos extremistas islâmicos.
Muitas notícias no site da Portas Abertas alertaram sobre o que aconteceu no ano de 2015 naquela região. Juntamente com a Síria, o Iraque chama a atenção dos cristãos livres para que orem e contribuam com as pessoas que, apesar da perseguição e do risco de morte, preferem ficar em seus países e servir a Jesus em todo o tempo.
Porém, algumas notícias vindas de lá trazem esperança e fazem acreditar que Deus não sai de perto dos seus filhos, como Governo iraquiano investiga situação dos cristãos e Iraquiana cristã experimenta o poder da oração.
Já em seu segundo ano, e com o agravamento da perseguição também na Síria, a campanha Mantenha a Igreja Viva no Iraque e Síria torna-se permanente, dando ao cristão brasileiro a oportunidade de ajudar a Igreja Perseguida do Oriente Médio.
Os projetos de ajuda socioeconômica na região cresceram em média 53% e 189.665 refugiados foram beneficiados com a distribuição de alimentos, roupas, aquecedores e medicamentos.
“Ainda que nossos compatriotas nos persigam e pareça não haver lugar para nós aqui, eu quero viver em meu país.” Martin, seminarista cristão que ajuda no cuidado com refugiados em Erbil.




Bandeira: Iraq
Região: Oriente Médio

Líder: Fuad Masum
População: 33,42 milhões
Cristãos: *
Religião: Islamismo
Governo: República Parlamentarista


Última atualização em 13/01/2016
Fonte Portas Abertas 

Nenhum comentário:

Postar um comentário