sexta-feira, 7 de março de 2014

1 Carta a Timóteo



I CARTA A TIMÓTEO

Autor: O Apóstolo Paulo

Data: Cerca de 65 d.C.

Tema: A Sã Doutrina e a Piedade

Palavras-Chave: Cuidado, Vigilância, Força, Compromisso.

Versículos-Chave: I Tm 3.15; 4.12.

INTRODUÇÃO

I e II Epístola a Timóteo e a Tito são, comumente chamadas “Epístolas Pastorais”. Prevalece a opinião de que foram escritas entre a primeira e a segunda prisão de Paulo, entre 64 a 67d.C. . Alguns críticos racionalistas modernos têm aventado a teoria de que tais cartas foram obra de algum autor desconhecido, que , trinta a cinquenta anos depois da morte de Paulo, as escreveu usando o nome deste, para inculcar certas doutrinas. Não há base histórica para essa opinião. Desde o princípio, estas Epístolas têm sido consideradas como escritos genuínos de Paulo.



QUEM ERA TIMÓTEO


Natural de Listra, at16.1. sua mãe era judia e seu pai , grego. O nome da mãe, Eunice; o da avó, Loide, IITm1.5. Foi um convertido de Paulo, ITm1.2.Juntou-se ao apóstolo em sua segunda viagem missionária, cerca de 50d.C., At16.3. sua escolha foi indicada por Deus, ITm1.18. Foi separado pelos presbíteros e Paulo, ITm4.14;IITm1.6. Acompanhou Paulo a Trôade, Filipos,
Tessalônica, Beréia. Demorou nesta última cidade até que Paulo o mandasse chamar a Atenas, At17.14,15. Depois o Apóstolo o enviou de volta a Tessalônica, ITs3.1,2. Quando regressou, Paulo tinha ido a corinto, At18.5;ITs3.6 . Ajudou a escrever as Cartas aos tessalonicenses, ITs1.1;IITs1.1. Mais tarde, Paulo o enviou de Éfeso a Corinto, ICo4.17. O Apóstolo juntou-se a ele na Macedônia e ele ajudou a escrever IICoríntios, At19.22;IICo1.1. Acompanhou Paulo até certo ponto na viagem a Jerusalém, At20.4. Se acompanhou Paulo até em todo trajeto até Jerusalém e Roma não está declarado, mas aparece com Paulo nesta última cidade,Fp1.1;2.19-22;Cl1.1;Fm1. Mais adiante, está em Éfeso, onde recebe esta Epístola. É chamado com urgência a Roma, IITm4.9. Se chegou lá antes da morte de Paulo não se sabe. É mencionado em Hb13.23 como havendo sido solto da prisão. Era tímido e retraído por natureza; não capaz como Tito de tratar com pessoas que provocaram perturbações. Não gozava de muito boa saúde,ITm5.23. Ele e Lucas foram os dois companheiros mais constantes do Apóstolo. Este amava-o, devotadamente, e sem ele sentia-se desolado. Diz a tradição que, depois da morte de Paulo, esteve acargo de Timóteo cuidar da Igreja de Éfeso, e que sofreu o martírio ao tempo de Nerva ou Domiciano. Nesta caso, teria sido cooperador do Apóstolo João em Éfeso.


ÉFESO


Foi aí que Paulo realizou o seu maior trabalho, por volta de 54-57d.C. , At19. Uns quatro anos depois de sair dali,
aproximadamente em 62d.C., estando preso em Roma escreveu a Epístola à Igreja dessa cidade. Cerca de três anos depois, isto é, em 65d.C., dirigiu esta Epístola a Timóteo a respeito do trabalho em Éfeso. Mais tarde, nesta cidade veio a residir João, onde escreveu seu Evangelho, suas Epístolas e o Apocalipse. Nesta cidade foi grande o número de convertidos, e consta que nos anos seguintes o número continuou aumentando. Segundo a história cinquenta anos depois, os cristãos se tornaram tão numerosos que os templos pagãos quase ficaram abandonados. Portanto, Éfeso veio a ser o centro da cristandade. Não havia edifícios para as igrejas, os templos somente começaram a ser edificados duzentos anos depois da época de Paulo, quando Constantino pôs fim às perseguições aos cristãos. A Igreja em Éfesos e reunia em pequenos grupos em centenas casas espalhadas pela cidade, situação que exigia um grande número de presbíteros, At20.17. A princípio, o trabalho de Timóteo foi junto aos presbíteros que apesar de trabalharem sem seminários, sem templos e a despeito das perseguições, a Igreja fez mais rápido progresso do que em outra qualquer época depois, porque conservava a mente nos fatos essenciais e não nas superficialidades do Cristianismo.

CONTEÚDO DA EPÍSTOLA

CAPÍTULO 1 - Falsos Mestres

CAPÍTULO 2 - A Oração. O Lugar das Mulheres

CAPÍTULO 3 - Bispos e diáconos

CAPÍTULO 4 - A apostasia vindoura. O Trabalho de um ministro

CAPÍTULO 5 - Viúvas. Presbíteros

CAPÍTULO 6 - Sobre os Escravos, e o Desejo de Riquezas.

 /Alef da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário