quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Imitador de Cristo





Saber qual é a vontade de Deus, seguir seus passos, ser imitador de Cristo, ou seja, viver como Cristo viveu neste mundo, e está disposto a abrir mão de sua própria vontade para viver a de Deus para ti, nos leva a um caminho muito estreito onde não somente o caminho é estreito como a porta também. (Mateus 7:13-14 ) Seguir a Cristo ou até mesmo ser seu imitador ( 1 Coríntios 11:1) é mais do que imaginamos, muitos se denominam “cristãos” mas realmente sabem o que é ser um cristão ? A palavra cristão significa, ser seguidor de Cristo, ou seja, aquele segue Cristo.

Quando seguimos alguém, nós começamos a observa- lá em tudo que ela faz, no modo de agir, no falar, por onde ela anda, e tudo que ela faz nós nos tornamos conhecedores de tais atitudes do seu dia-a-dia, por isso quando nós dizemos que somos cristãos, estamos dizendo que seguimos Cristo e andamos com ele, ou seja, conheço Cristo porque vivo com Ele, sigo Ele e sei o que Ele faz.

É fácil eu dizer que sou cristão, muitos podem dizer isso, mas o ser cristão é muito diferente, podemos ver pelo longo de toda história da igreja de Cristo na terra, onde homens que professavam a fé em Cristo e viviam esta fé, qual foi o fim deles, muitos mortos, outros presos, excluídos do mundo, rejeitados pelos seus familiares, mas atualmente é destaque  ou moda dizerem ser cristão.

Podemos ver em partes das escrituras que nos dizem como é ser cristão e como não é ser cristão.

Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniquidade. (2 Timóteo 2:19) Podemos ver as escrituras nos orientando que todo aquele que profere ou seja o nome de Cristo se afaste da iniquidade, viver em santidade em separação deste mundo e sim não ser motivos de escândalos professando o nome de Cristo, pois muitos confessam que conhecem a Deus, mas negam-no com as obras, sendo abomináveis, e desobedientes, e reprovados para toda a boa obra. (Tito 1:16)

Porque, como está escrito, o nome de Deus é blasfemado entre os gentios por causa de vós. (Romanos 2:24)  Podemos ver o apóstolo Paulo quando escreveu para a igreja em Roma, fazendo menção do que foi profetizado pelo profeta Isaías ( Isaías 52:5) assim como o nome de Deus era blasfemado pela conduta dos que se diziam judeus e seguidores da lei mas a não vivia, o nome de Cristo é blasfemado no meio dos povos por causa de muitos que dizem ser de Cristo mas não vive sua palavra, porque aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou. (1 João 2:6)

Ser imitador de Cristo é mais do que apenas dizer é viver constantemente todos os dias como nosso Senhor Jesus, mas você pode pensa que não tem como, pois Jesus não pecou, sim realmente Cristo não pecou mas se nós obedecermos a sua palavra nós iremos nos apartar da iniquidade e buscar a santidade
de sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.
(Filipenses 2:5-8) Ser como Cristo, não querer glórias de homens, mas ser servo e se humilhar e sendo obediente a palavra de Deus em todo nosso caminho neste mundo.

Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos, por onde conhecemos que é já a última hora.
Saíram de nós, mas não eram de nós; porque, se fossem de nós, ficariam conosco; mas isto é para que se manifestasse que não são todos de nós.
(1 João 2:18-19)

Muitos saíram de nós, professavam a fé em Cristo mas hoje blasfemam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo,
porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo,
Cujo fim é a perdição; cujo Deus é o ventre, e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas.
(Filipenses 3:18-19)

Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados.
Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos;
Trazendo sempre por toda a parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus se manifeste também nos nossos corpos;
E assim nós, que vivemos, estamos sempre entregues à morte por amor de Jesus, para que a vida de Jesus se manifeste também na nossa carne mortal.  
(2 Coríntios 4:8-11)

Servi a Cristo e anda em sua palavra, nos traz muitas dificuldades ou até mesmo aflições, mas
se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me. (Mateus 16:24) E assim prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. (Filipenses 3:14)  Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus. (Hebreus 12:2)

Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia.
Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente;
Não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas.
(2 Coríntios 4:16-18) E isso nos fortalece no caminho de Cristo nosso Jesus, para nos tornamos seguidores de Cristo e sim verdadeiros cristãos que busca a santidade. Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver;
Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.
(1 Pedro 1:15-16)

Que Deus te abençoe na sua caminhada com Cristo e seja um verdadeiro cristão.
E é por Cristo que temos tal confiança em Deus. (2 Coríntios 3:4)
/Alef da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário